segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Como é que tudo começou?



Era mês de Agosto de 2008, dias quentes e de sol radiante, dias de festa e de praia. A Andreia decidiu ir fazer tererés para a praça pública sem saber que na realidade iria ficar completamente viciada na arte do tereré. A verdade, é que pensou de imediato tornar-se numa fazedora de tererés para resto da sua vida. Mas o Verão terminou e, com ele, o sol e dias quentes desapareceram. A Andreia bastante desolada, sem saber o que fazer com as mãos, surgiu-lhe então na sua lembrança a voz de uma "cliente tereré", que ficou bastante surpreendida quando a viu a preparar o material para fazer o tereré na sua filha... "Ahh - exclamou ela com admiração - Vai fazer o tereré com linhas de croché?". "Vou sim- respondeu a Andreia prontamente. ...Com as linhas de croché.... Foi desde aí que a Andreia se atreveu a tentar fazer arte com as mãos, mais precisamente, a arte do croche.

2 comentários:

Berê...sempre Berê!! disse...

Pois é amiga traduzi para minha lingua o que vc escreveu neste post...kkkkkk

Era mês de Agosto de 2008, dias quentes e de sol radiante, dias de festa e de praia. A Andreia decidiu ir fazer tererés para a praça pública sem saber que na realidade iria ficar completamente viciada na arte do tereré. A verdade, é que pensou de imediato tornar-se numa fazedora de tererés para resto da sua vida. Mas o Verão terminou e, com ele, o sol e dias quentes desapareceram. A Andreia bastante desolada, sem saber o que fazer com as mãos, surgiu-lhe então na sua lembrança a voz de uma "cliente tereré", que ficou bastante surpreendida quando a viu a preparar o material para fazer o tereré na sua filha... "Ahh - exclamou ela com admiração - Vai fazer o tereré com linhas de croché?". "Vou sim- respondeu a Andreia prontamente. ...Com as linhas de croché.... Foi desde aí que a Andreia se atreveu a tentar fazer arte com as mãos, mais precisamente, a arte do croche.

Viu?....será isso o enigma?kkk
bjo no coraçao,

andreia disse...

Olá Berê! Antes demais, obrigada pelo seu comentário. É muito bom ter conhecimento das vossas opiniões e sugestões!

Em relação ao meu texto,que diz que teve de traduzir, fiquei um pouco admirada porque a minha língua é a sua língua: a Língua Portuguesa. Uma Português do Brasil; a outra Português Europeu. Por cá, eu consigo entender o vosso português perfeitamente! =)

O enigma, minha amiga, é pôr mãos à obra. Podemos e devemos idealizar, mas para concretizar temos de trabalhar.
O tereré veio primeiro, o croché a seguir, e cada vez mais sinto que outras artes me seduzem.

Foi muito bom para o meu bem-estar interior a descoberta deste 'hobbie'.

Um beijo muito grande,

Andreia